27/01/10

31 ATIVIDADES SOBRE ADVERBIOS (CONTEÚDO) 17_11

ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA PENHA MARINS SIQUEIRA

NOME: ____________________________ 4º ANO

PROFESSOR: WAGNER MILLER SILVA        2009

 

ADVÉRBIOS

 

   Advérbio é a palavra invariável que modifica o sentido do verbo, acrescentando a ele determinadas circunstâncias de tempo, de modo, de intensidade, de lugar, etc.

Exemplo:
Um lindo balão azul atravessava o céu. 

Um lindo balão azul atravessava lentamente o céu.

 

   Nesse caso, lentamente modifica o verbo atravessar, pois acrescenta uma idéia de modo. Os advérbios de intensidade têm uma característica particular, pois além de intensificar o verbo, eles podem intensificar o sentido de adjetivos e de outros advérbios.

Exemplo:
Nosso amigo é inteligente demais. 

                         (adjetivos) (advérbios)

 

As encomendas chegaram muito tarde. 

                                   (advérbios) (advérbios)

 

CLASSIFICAÇÃO DOS ADVÉRBIOS:

Dependendo da circunstância que expressam, os advérbios classificam-se em: 

 

Lugar: Aqui, ali, aí, cá, lá, acolá, atrás, perto, longe, acima, abaixo, adiante, dentro, fora, além.
Modo: Bem, mal, assim, depressa, calmamente, suavemente, alegremente.

Dúvida: Talvez, quiçá, acaso, decerto, porventura, provavelmente, possivelmente.

Negação: não, de modo algum, de forma nenhuma, etc. 
Afirmação: Sim, deverás, certamente, realmente, efetivamente.
Intensidade: Muito, pouco, bastante, mais, menos, demais, tão, tanto, meio.

Tempo: Ontem, hoje, amanhã, breve, logo, antes, depois, agora, já, sempre, nunca, jamais, cedo, tarde, outrora, ainda, antigamente, novamente, brevemente, raramente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ATIVIDADES

 

01. Copie as orações acrescentando um adjunto adverbial:

a) Quatro pessoas viajaram. (lugar)

____________________________________________

 

b) Iremos ao cinema. (tempo)

____________________________________________

 

c) Os meninos choraram. (modo)

____________________________________________

 

d) Todos saíram. (modo)

____________________________________________

 

e) A moça desmaiou. (tempo)

____________________________________________

 

f) O ladrão fugiu. (lugar)

____________________________________________

 

02. Sublinhe os verbos e circule os adjuntos adverbiais:

a) Todos ficaram muito tristes.

b) Fabiano guardou calmamente a espingarda no quarto.

c) Repentinamente, ele abriu a porta.

d) À tarde, a chuva caiu violentamente sobre a cidade

 

03. Identifique a frase em que a expressão grifada é um adjunto adverbial é

a) E ali está o futuro.

b) Estamos falando agora.

c) Talvez ele tivesse saído.

d) Eles ficaram em casa.

 

04. Relacione os vários significados que o verbo roçar assume em cada uma das frases seguintes:

 

 

(1) cortar, derrubar

(2) esfregar, friccionar

(3) passar junto de

(4) tocar de leve

) O homem roçou o capinzal

(   ) A lima foi roçando o fio da faca.

(   ) Não se deve roçar o toco na mesa de bilhar.

(   ) Roçou os dedos naquela testa gelada.

(   ) “Voarei, roçando o mato.”

 

Marque a seqüência correta:

a) ( ) 1,2,2,4,3                 b) ( ) 2,1,2,4,3

c) ( ) 4,1,2,3,2                 d) ( ) 3,1,2,4,3

 

 

 

 

 

05. Pinte os advérbios e circule os verbos encontrados no texto indicando em que conjugação a que pertencem:

 

A Festa dos Advérbios 
 

Na festa dos advérbios apareceu a magia, 
Que transformou a alegria em poesia! 
O talvez dançou com o lá... 
Na música de um sabiá! 
 

O longe se encontrou com o perto... 
Num ritmo bonito e certo! 
O cedo brincou com o tarde... 
Sem nenhum tipo de alarde! 
 

O muito bailou com o pouco... 
De um jeito muito louco! 
O não se escondeu do sim... 
Atrás da cortina de cetim! 
 

Na festa dos advérbios apareceu a magia, 
Que transformou a alegria em poesia! 
O hoje e o amanhã... 
Dividiram a mesma torta de maçã! 
 

O nunca abraçou o sempre... 
Numa valsa contente! 
O depois dividiu com o agora... 
A mesma torta de amora! 
 

Na festa dos advérbios apareceu a magia, 
Que transformou a alegria em poesia. 
 

                                           Luciana do Rocio Mallon 

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________